ABCBio Aprimora Programa de Conformidade para Garantir Qualidade aos Biodefensivos

Fonte: Dinheiro Rural 05/04/2016

Iniciativa visa inibir a venda irregular dos produtos

Embrapa

Em função do expressivo crescimento registrado nos últimos anos nas vendas de defensivos agrícolas biológicos, houve também um aumento no número de produtos comercializados de forma irregular, sem certificação ou controle de qualidade, cuja utilização pode ser inseguro para o meio ambiente e para os humanos, assim como de duvidosa eficácia agronômica.

Preocupada com essa situação, a Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico (ABCBio) decidiu aprimorar um Programa de Conformidade de Insumos Biológicos, cujo objetivo principal é conferir maior confiabilidade ao segmento.

Focado na necessidade de se manter sempre produtos registrados nos órgãos reguladores competentes, como Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura, o programa enfatiza os riscos dos produtos sem conformidade com normas rígidas de controle de qualidade e critérios de avaliação.

Para facilitar a verificação dos produtos, a ABCBio auxilia nas análises, feitas por laboratórios renomados, dos produtos com alguma suspeita. Enfatiza que todo produto que contenha um agente biológico de controle deve seguir legislação específica e passar por vários testes. O uso de produtos não conformes por parte dos agricultores configura-se uma ilegalidade.

Segundo a direção da ABCBio, a produção e comercialização de produtos irregulares (ilegais) podem ocasionar contaminação biológica, proliferação de patógenos humanos, descontrole de pragas na lavoura onde é aplicado, além de não dar os resultados esperados pelo produtor.

Esse último efeito colateral do uso de produtos sem registros é especialmente grave para o segmento, pois coloca em dúvida a eficácia dos defensivos biológicos, fator primordial para garantir a credibilidade de um segmento que tem reconhecidas vantagens ambientais e econômicas, e que vem contabilizando amplo crescimento.

Especialmente no caso brasileiro, a área de biodefensivos tem conseguido um grande destaque em razão da importância que os produtos de controle biológico tiveram em recentes e graves problemas fitossanitários surgidos em algumas culturas. O exemplo mais marcante dessa situação foi o aparecimento da Helicoverpa Armigera, sobretudo no Oeste baiano, além do mofo branco.